pipocas com telemóvel II

10 08 2008

veio a saber-se que este e outro vídeos idênticos são montagem. sorte a nossa…





pipocas com telemóvel

11 07 2008

enquanto se lança o iPhone, muito enfatizado por oferecer novas funcionalidades, aqui temos um funcionalidade peculiar, possível com telemóveis mais baratos: fazer pipocas!





O mundo animal no seu melhor

23 05 2008

Já é um clássico no youtube, mas não me canso de ver este vídeo





Radiohead e o vídeo que expõe a exploração infantil

1 05 2008

Chocante mas importante. É assim o vídeo da música All I Need dos Radiohead.

Porque a realidade da exploração infantil, ainda que à distância do conforto da maioria dos países ocidentais, continua a existir e não se antevê o seu fim.

 

Letra:

I’m the next act
Waiting in the wingsI’m an animal
Trapped in your hot car

I am all the days
That you choose to ignore

You are all I need
You are all I need
I’m in the middle of your picture
Lying in the reeds

I’m a moth
Who just wants to share your light

I’m just an insect
Trying to get out of the night

I only stick with you
Because there are no others

You are all I need
You’re all I need
I’m in the middle your picture
Lying in the reeds

It’s all wrong
It’s all right
It’s all wrong

 

 

Fonte: Público





Kurt Cobain – e já lá vão 14 anos

5 04 2008

Já escrevi sobre Kurt Cobain e os Nirvana aqui, mas a data de hoje justifica a repetição. Faz hoje 14 anos que Kurt Cobain faleceu, deixando os seu fãs em choque.

Como escrevi no outro post, a discussão em torno da sua morte, frequente quando se tratam de ícones controversos do mundo da música, e o seu legado musical, não deixam Kurt Cobain cair no esquecimento.

Pelo simbolismo do título, deixo o vídeo da música “Where did you sleep last night” do concerto acústico para a MTV.





Tavira

30 03 2008
“Algarve é turismo em massa. Algarve é fazer compras a preços para ingleses. Algarve é procurar um cantinho para pôr a toalha na praia… Algarve é Allgarve“.
Algarve – e a anáfora não é acidental – não tem que ser isso.
Tavira faz parte daquilo a que chamo de “outro Algarve”.
As praias, de extenso areal (mesmo assim, nada que se compare com a realidade há alguns anos atrás) oferecem-nos, dum lado o mar e, do outro a Ria Formosa. Para lá chegarmos, podemos ir no velhinho comboio da praia do Barril, de barco para a Terra Estreita ou para a Ilha de Tavira ou de carro, para as praias na zona Mantarrota ou Altura. Para quem tem o seu próprio barco, as praias a que tem acesso são indescritíveis.
Desde que me lembro que passo lá férias e tenho assistido à evolução que o Concelho tem vivido. O turismo que recebe, foge ao turismo massificado e ruidoso, que descaracterizou o Algarve, ao ponto de o transformar em Allgarve.
Diria que, se Allgarve representa um distrito alterado e transformado para satisfazer as exigências do cocktail turístico que recebe, então Tavira ainda se mantém fiel ao velhinho Algarve, hoje cingido a um tecido subcutâneo da grande camada geográfica que o Allgarve reveste.
Quando viajo ou dou um simples passeio, procuro conhecer destinos que se tenham mantido fiéis a si próprios. É cada vez mais difícil, bem sei, mas Tavira conseguiu-o.

2008_0323tavira080020.jpg

Um vídeo que encontrei no YouTube sobre a cidade:





Retratos de Mulheres

25 03 2008

Que há magníficas pinturas de retratos de mulheres, todos sabemos. Que no YouTube podemos encontrar de tudo um pouco, também todos sabemos. Que Pintura e YouTube são conciliáveis, confesso que nunca tinha pensado nisso. Mas são…